O que são as alergias?

A alergia ocorre quando o sistema imunológico (defesa do organismo) reage a substâncias que são geralmente inofensivas. Estas substâncias, chamadas de alergénios, podem induzir uma reação de hipersensibilidade (a alergia), provocando distintas reações em pessoas suscetíveis.

As reações alérgicas podem ser diferenciadas relativamente às suas causas e regiões do corpo que são afetadas. Alguns alergénios podem causar reações em diferentes locais do corpo.

O contato com alérgenos pode provocar irritações na pele, sendo as principais manifestações aparecimento de manchas vermelhas na pela, prurido (comichão), edema, bolhas, pele seca, entre outros.

  • A alergia alimentar pode ter diferentes graus de gravidade; os sintomas iniciais podem ser erupções na pele, náuseas e diarreia; nos casos mais graves pode ocorrer reação anafilática com inflamação da garganta, obstruindo a respiração e causando até morte. Os alimentos mais frequentemente associados a alergia são leite, amendoim, glúten, peixes e frutos do mar, ovo, frutos secos, trigo, soja e frutos vermelhos;
  • As alergias respiratórias são muito frequentes; normalmente são autolimitadas, mas podem desencadear sintomas exuberantes e até asma; os sintomas podem incluir obstrução nasal, espirros, prurido nasal, olhos lacrimejantes; perturbações no sono e fadiga;
  • Alguns medicamentos podem provocar reações graves em pessoas alérgicas, incluindo anafilaxia; os principais fármacos associados a alergia são os analgésicos; anti-inflamatórios e antibióticos.

O que fazer em caso de alergias?

Em caso de alergia deverá ser procurada ajuda médica especializada em caso de: dificuldade respiratória; aperto na garganta; rouquidão ou dificuldade em falar; lábios, língua ou garganta inchados; náuseas, dor abdominal ou vómitos; palpitações cardíacas; ansiedade ou tontura; perda de consciência.

Controlar as alergias e prevenir reações alérgicas depende do tipo de alergia. A principal ação é evitar o alergénio, o que apesar de ser muito importante nem sempre é fácil.

Outros cuidados consistem em tomar os medicamentos conforme prescrito; manter um diário das crises; usar uma pulseira de alerta médico nos casos de antecedentes mais graves; saber o que fazer perante uma reação alérgica; dar conhecimento a familiares, amigos e colegas sobre a alergia.

Por Nina Monteiro | Médica de Família

Infográfico

Subscreva a nossa newsletter para receber as novidades em primeira mão!

Contactos

Wiselife | Todos os direitos reservados | Copyright © 2019
Política de Privacidade