COVID 19 – O que fazer em casa durante a quarentena?

Ninguém esperava por esta pandemia, de tão rápida instalação e tão generalizada pelo Mundo. E agora o que fazer em casa?

Não sabemos quanto tempo vai demorar esta pandemia e respetivo isolamento. Há que manter a sanidade mental e mantermo-nos ocupados!!

Para além das medidas recomendadas pela DGS, da etiqueta respiratória, manter uma alimentação saudável e atividade física, ainda nos sobra muito tempo para ocupar o dia. São inúmeras as sugestões para fazer em casa com as crianças para as manter ocupadas e livres de preocupações.

Mas quem está sozinho, como pode ocupar o tempo e a mente?

Sou médica de família, e encontro-me desde 18 de março em isolamento profilático, também denominado de quarentena. O que significa isolamento profilático ou quarentena?

Pois bem, segundo a DGS, a diferença entre a quarentena e o isolamento,  está no estado de doença do individuo que se quer em afastamento social.

Quarentena é utilizada em indivíduos que se pressupõe serem saudáveis, mas possam ter estado em contacto com um doente confirmado.

Isolamento é a medida utilizada em indivíduos doentes, para que através do afastamento social não contagiem outros cidadãos.

Estas medidas de afastamento social são das medidas mais efetivas para quebrar as cadeias de transmissão, e por isso utilizadas pelas Autoridades de Saúde para minimizar a transmissão da COVID-19.

Depois de me ter sido comunicada a situação, para além de todos os receios e preocupações face à possível infeção, fiquei ainda preocupada em como ocupar os meus dias neste período.

Para além das atividades domésticas óbvias, que já nos ocupam bastante tempo, o que temos mais em casa para nos entreter?

  1. Temos a televisão que sempre tivemos, mas muitas vezes não tínhamos tempo. Podemos agora aproveitar para pôr em dia ou rever as nossas séries ou filmes preferidos.
  2. Podemos ler os livros que se encontravam em linha de espera, pousados na prateleira ou na mesinha de cabeceira.
  3. Podemos organizar os álbuns de fotografias, quer digitais, quer os antiguinhos que andavam abandonados lá por casa com as fotografias soltas.
  4. Podemos arrumar e organizar os armários de roupa e seleccionar a roupa que já não usamos e separar para doar a instituições e a outras pessoas que precisam. Para os mais corajosos, deixo a sugestão de verem as técnicas do tão falado Método Marie Kondo.
  5. Aproveitar para decorarmos a casa, alguns pormenores que estavam pendentes. Que tal pendurar os quadros que estão encostados à parede?
  6. Pegarmos no livro de receitas e fazer aquela receita que tanto gostamos, e nunca experimentámos? Ou aquele prato que a avó fazia tão bem?
  7. Podemos voltar a pegar no instrumento musical perdido, e voltar a tocar a música que aprendemos.
  8. Podemos reler as cartas e postais que temos dos tempos em que não havia telemóveis, e muito menos Whatsapp®… e que agora são verdadeiras relíquias!
  9. Podemos finalmente organizar os mapas e as dicas das últimas viagens/férias que fizemos e que os amigos estão sempre a pedir.
  10. Podemos passar mais tempo ao telefone com os amigos… até podemos marcar a hora de jantar e partilhar o momento em vídeo chamada.
  11. Podemos fazer uma lista do que queremos fazer quando isto tudo regressar ao normal.

Por: Susana Calejo Rios | Médica de Família

Sociedade

Subscreva a nossa newsletter para receber as novidades em primeira mão!

Contactos

geral@wiselife.pt

Wiselife | Todos os direitos reservados | Copyright © 2019
Política de Privacidade