Como escolher o melhor crema para a pele com dermatite atópica?

A hidratação é um elemento fundamental da gestão diária da dermatite atópica

A gestão da dermatite atópica requer uma intervenção multifacetada, que envolve a eliminação de fatores agravantes, reposição da função de barreira cutânea, hidratação da pele e tratamento farmacológico da inflamação cutânea.

A hidratação da pele é um dos componentes chave da gestão da dermatite atópica. Para manter a pele bem hidratada, os emolientes ou cremes devem ser aplicados pelo menos 2 vezes por dia e sempre após o banho ou lavagem das mãos.

Cremes gordos, com baixa percentagem de água ou pomadas que não contêm água, devem ser preferidos uma vez que protegem melhor da desidratação cutânea ou xerose. As loções embora sejam menos eficazes podem ser utilizadas em doentes tem dificuldade em gerir a sensação de pele gordurosa provocada pelos cremes gordos e pomadas.

Nos doentes com a pele atópica há uma deficiência nos lipídios do estrato córneo, especialmente ceramida e no “fator de hidratação natural”, uma mistura de aminoácidos higroscópicos resultantes da degradação da filagrina. Os hidratantes que contêm esses ingredientes podem ser benéficos para estes pacientes.

Uma revisão sistemática de 77 estudos realizados em cerca de 6603 participantes, mostrou que a utilização de um qualquer hidratante reduz a severidade do eczema e a comichão, levando a uma redução do número de crises e à redução da utilização de corticoides tópicos. Em 3 estudos, os pacientes reportaram que a utilização de cremes ricos em àcido glicirretinico, um anti-inflamatório natural, foi 4 vezes mais eficaz na redução da severidade da dermatite. Em 4 estudos, os pacientes que utilizaram cremes ricos em ureia reportaram, melhoria sintomática mais frequentemente dos que os que usaram cremes sem ureia. Os cremes ricos em glicerol foram analisados em 3 estudos, estando o seu uso associado a melhoria sintomática. 

Assim a utilização de cremes com ceramidas, àcido glicirretinico, ureia ou glicerol parecem ser mais eficazes no controlo das lesões de dermatite atópica, embora a utilização frequente de qualquer hidratante seja o fator mais determinante no sucesso do controlo desta doença.

O prurido é outro aspeto a ter em conta na escolha do um hidrante, se tem habitualmente comichão os cremes à base de ureia podem não ser a melhor opção, porque esta pode agravar este sintoma. Neste caso, devemos selecionar produtos com ingredientes antipruriginosos, como fenol, mentol e cânfora.

Por Ana Luís Pereira | Médica de Família

Subscreva a nossa newsletter para receber as novidades em primeira mão!
Parceiros e Patrocinadores

    Contactos

    geral@wiselife.pt

    Wiselife | Todos os direitos reservados | Copyright © 2021
    Política de Privacidade